quinta-feira, 26 de março de 2009

Aos Vencedores, as batatas!

Lendo o livro de Machado de Assis; Quincas Borba, retirei esse trecho que acho que é a realidade e é o pensamento humanista.

Princípio de Quincas Borba: “Nunca há morte. Há encontro de duas expansões, ou expansão de duas formas”Explicando de uma melhor maneira, criou a frase: “Ao vencedor, as batatas”, princípio esse que marcou e é o enfoque principal do enredo.-“Supões-se em um capo de duas tribos famintas. As batatas apenas chegavam para alimentar uma das tribos, que assim adquire forças para transpor a montanha e ir à outra vertente, onde há batatas em abundância; mas se as duas tribos dividirem em paz as batatas do campo, não chegam a nutrir-se suficientemente e morrerão de inanição. A paz, neste caso, é a destruição; a guerra, é a esperança. Uma das tribos extermina a outra e recolhe os despojos. Daí, a alegria da vitória, os hinos, as aclamações. Se a guerra não fosse isso, tais demonstrações não chegariam a dar-se. Ao vencido, o ódio ou compaixão.....Ao vencedor, as batatas !”

quarta-feira, 25 de março de 2009

Bridge over troubled water - Ponte sobre aguas revoltas.

Quando você estiver exausta, sentindo-se deprimida
Quando as lágrimas estiverem em seus olhos
Eu as enxugarei todas
Eu estou ao seu lado
Oh, quando os tempos ficarem difíceis
E os amigos não mais puderem ser encontrados
Como uma ponte sobre águas revoltas
Eu me deitarei
Como uma ponte sobre águas revoltas
Eu me deitarei
Quando você estiver chateada e fora
Quando você estiver na rua
Quando a noite descer pesadamente
Eu a confortarei
Eu a ajudarei
Oh, quando a escuridão vier
E a dor estiver por perto
Como uma ponte sobre águas revoltas
Eu me deitarei
Como uma ponte sobre águas revoltas
Continue a viver em brilho
Continue vivendo
Sua hora chegou para brilhar
Todos os seus sonhos estão a caminho
Veja como eles brilham
E se você precisar de um amigo
Eu estarei logo atrás
Como uma ponte sobre águas revoltas
Eu acalmarei sua mente
Como uma ponte sobre águas revoltas

Eu acalmarei sua mente.

TRADUÇÃO: "Bridge over troubled water"
PAUL SIMON & ART GARFUNKEL - 1970
Essa música é A Música, eu penso que é Deus falando comigo, pra mim ela é gospel.!

sábado, 21 de março de 2009

Vagando pela net, encontro o que não pude encontrar (os autores).

"Como eu não tenho o dom de ler pensamentos, eu me preocupo somenteem ser amigo e não saber quem é inimigo. Pois assim, eu consigo apertara mão de quem me odeia e ajudar a quem não faria por mim o mesmo."
desconhecido

"Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido."
desconhecido

"Não preciso me drogar para ser um gênio... Não preciso ser um gênio para ser humano... Mas preciso do seu sorriso para ser feliz."
desconhecido

"Existem 4 coisas que não se recuperam...
A pedra... Depois de atirada!
A palavra... Depois de dita!
A ocasião... Depois de perdida!
E o tempo... Depois de passado!!!!
desconhecido também.