sexta-feira, 10 de junho de 2011

Meu doce preferido.

O mês de março de 2010 mudou a minha vida. Um dia após eu sair de uma aula muito exaustiva, fui ao ponto de ônibus, com a certeza de que era o final do meu dia. Mas estava redondamente enganada.
Estava no ponto de ônibus e vi um garoto passar, achei ele bonito, e esse garoto voltou e me perguntou se o numero do ônibus dele já tinha passado, eu disse que não sabia, e ele começou a puxar conversa. Então o onibus dele chegou, e ele foi, mas estava cheio e ele decidiu voltar, quando ele voltou já perguntando meu msn, e a gente conversou mais um pouco e eu fui embora. Mas eu fui embora me sentindo muito esquisita, estava dentro do ônibus, quando percebo que ele fazia um caminho diferente, acabei pegando o ônibus errado. Só aconteceu isso uma vez, e foi nesse dia. Quando cheguei em casa contei para minha irmã e minha mãe que estavam no quarto sobre o garoto que eu tinha conversado, e depois fui dormir.
Pois é, a gente começou a se falar no msn, e marcamos um encontro no "shopping" em frente a facul, antes da aula começar. Ele me roubou um beijo, eu fiquei sem ação, porque até então eu encarava todas as pessoas como amigos. Mas eu tinha gostado dele, ele era corajoso, todo o que ele queria dizer ele dizia... nunca teve ninguém entre nós, nós nos apresentamos e nos conhecemos. O interessante é que ele não tinha medo de me elogiar, não tinha certeza nenhuma que eu fosse ficar com ele, ele enchia muito a minha bola... ele me conquistou. Ele me elogia todos os dias desde então, eu sei que eu não sou tudo o que ele diz, mas eu amo isso, e eu sinto o amor dele por mim, era tudo o que eu pedia a Deus.
Tudo bem que ele até mentiu pra mim, disse que não tinha time de futebol, e agora veio com a conversa que é palmeirense, e eu sou muito corinthiana. Ele tinha falado que o pai dele era palmeirense e que ele não assistia futebol, eu fiquei pensando: -Bom, menos mal, ele pode virar corinthiano. Que ingenuidade!
Ele é a minha borboleta azul, ele é raro, diferente, vou explicar porque.
Não é porque eu estou apaixonada não, ele tem jeitos diferentes, gestos diferentes, aparência diferente... tudo. Ele tem cabelos compridos até o ombro, 1,85m, olhos lindos, boca linda, sombrancelha perfeita, rosto perfeito e todo lindo.
Ele desenha, fala japonês, adora animes e é um colecionador de mangás. As vezes fico provocando só pra ver o olhar que ele faz, que é meio tremido, ele é muito paciente e é muito diferente brigar com ele, quando ele fica querendo falar e não consegue porque eu não deixo é tão engraçado, eu me seguro pra não rir. As vezes eu falo tanto que ele desiste e me abraça e tenta me calar com beijos. Ele é um doce, as vezes até consegue me dobrar, porque ele vem com aquele jeitinho e acaba fazendo com que eu esqueça do que eu ia dizer. Adoro quando ele tenta me explicar alguma coisa, eu não faço a menor ideia do que é, mas fico fingindo que entendo para ver ele explicando, é muito bonitinho, dá vontade de apertar as bochechas dele de tão fofinho que é. Ele concentrado é um charme. Ele sabe tudo sobre desenhos animados, outro dia a ente tava conversando sobre algo, e ele falou se eu assistia o "Pink e o Cérebro", um desenho do Steve Spielberg, e eu disse que não conhecia e ele começou a cantar a musiquinha pra mim lembrar, aih começou: -O Pink e o Cérebro, o pink e o cérebro, um é um gênio o outro um imbecil... Foi muito engraçado, é legal também ele fazendo sotaque de português de portugal, ele ouve as vezes radios de lá. As únicas coisas que fazem ele virar  pescoço na rua é: Banca de Jornal, lojas de vídeo game e o principal de todos CACHORROS.
Ele é doente por cachorros, se ver um na rua ele compra um salgado e dá pra eles, isso quando ele não divide o próprio pão dele. Outro dia queria deixar uma blusa dele com o cachorro, por causa do frio. Ele é muito louco por cães e lobos, a mãe dele também é, ela tem uma tatuagem de um lobo nas costas. E a primeira coisa que ele fez quando completou 18 anos, foi fazer um lobo também e no braço, a vó dele que deu a tattoo de presente. Ele não sabe cozinhar, mas não me deixa lavar louça, nem na minha própria casa. É uma gentileza em pessoa, minha mãe gosta muito dele, meus irmãos também.
A gente fala de casar, viajar, ter filhos e morrer velhos e juntos. Ele não gostava muito da ideia de casar no comecinho, achava que era só ajuntar e tals, mas hoje é o que mais a gente conversa e deseja. Ele tem seus defeitos também, mas o amor que a gente sente é o que nos faz compreender um ao outro e buscar melhorar sempre. Além de eu ter muitos defeitos, faço muitas exigências, nem sempre tenho bom humor como a florzinha que ele me deu, mas mesmo assim, ele é tão paciente. As vezes a super proteção dele me irrita, mas eu entendo. Ele faz muitas coisas por mim, se priva de muitas coisas por mim, aceita muitas coisas por mim e aguenta muitas coisas por mim. No primeiro dia que ele veio na minha casa, ele foi buscar gás que tinha acabado,nem aguentava... mas era um braço no meu ombro e outro carregando o gás. Outro dia a gente tava no ponto esperando o ônibus e veio uma turma de molequinho querer levar minha bolsa e ele me defendeu e ofereceu dinheiro para os moleques e um deles pegou e deu um chute no olho dele, já que estávamos sentados, e sairam correndo. Eu não sentia ódio nele, estava tão sereno, mas ficou com o olho roxo uma semana. Ele é super na paz, amoroso e carinhoso. Tem um ótimo relacionamento com a mãe dele, ele é mais feminista que eu. Eu enrolei ele bastante, não queria começar um namoro do nada, pra também não terminar do nada, ele ficou 2 meses na experiência, depois eu fixei ele, no dia 22/05/2010 no shopping, depois de ele conhecer a minha mãe.
Bom eu sei que vocês devem pensar que porque é começo, é um mar de rosas. Eu tento não fechar os meus olhos, quero ver se eu não imagino coisas, mas como eu não vejo outra verdade, eu acredito nessa.
Eu sinto que ele carrega um pedaço de mim, de tanto que o amo. O meu pedido a Deus era de um homem simples, não precisava de ter coisas, não precisava ser bonito, eu só queria que me amasse de verdade... e Deus me deu um homem lindo e que me ama. A gente mora muito longe um do outro, pra vocês terem ideia, pra ele vir me ver ele precisa de: 1 ônibus + 1 barco +1 ônibus + 1 van. Mas ele nunca mediu distancia para vir me ver.
Eu te amo muito Felipe S. C. Garcia!!
E foi incrível cada momento desse ano contigo, nos cinemas, shoppings, lanchonetes, Campos de Jordão, na facul e tudo mais.

Fotos: a primeira ele desenhou, coloriu e me deu de presente ^^, e essa foto acima eu tirei, das cartas e coisinhas que ele me deu.

5 comentários:

  1. Oi Kamila tudo bem? Gostei do seu blog e da música de fundo tbm hehehe

    Gostei da sua história! Ainda sonho como vc, de encontrar alguém que me ame de verdade. Um dia quem sabe.

    me segue também?

    http://isacvcpro.blogspot.com

    bjuss e um ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Kamila você faz engenharia? tive a leve impressão hehehe

    ResponderExcluir
  3. Kamila, tudo bem?
    Faz um boooooom tempo que não venho aqui... Mas não me esqueci de você e vim somente para te desejar dias ótimos e uma felicidade que transborde teu ser!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Linda história Kamila!!!^^

    Indiquei vc para uma brincadeira no meu blog: http://manuvuorinen.blogspot.com/2011/07/minha-vida-de-acordo-com.html
    Se tiver motivada a fazer, está aí... ^^

    Abração!

    ResponderExcluir
  5. minha gatinha^^ você enche muito a minha bola sabia? Eu tambem adoro muito isso..minha meiguinha,você é o sonho de qualquer cara sabia? Linda,prendada,inteligente é o pacote completo,impressionante como não te falta nada...minha cunhada tem razão,eu devia ter te postado uma resposta enorme no mesmo dia que você fez o post,seu namorado é um tratante mesmo,você devia bater muito neleXD...mais é que tambem eu não escrevo bem igual você amor,de jeito nenhum mesmo,mais eu te amo muito,
    se você deixar eu passo o resto da minha vida te mostrando o quanto.
    Muito obrigado pelo post amor^^ é muito bom poder ler e relembrar tudo isso sempre,ainda mais sendo com as suas palavras ca.
    Beijo meu amor

    ResponderExcluir