quarta-feira, 19 de novembro de 2008

*;*


Ausente andei de ti na primavera,
Quando o festivo
Abril mais se atavia,
E em tudo um'alma juvenil pusera
Que até Saturno saltitava e ria.
Mas nem gorjeios d'aves, nem fragrância
De flores várias em matiz e odores,
Moveram-me a compor alegre estância
Ou a colher, do seio altivo, as flores
Nem me tocou a palidez do lírio,
Nem celebrei o vermelhão da rosa;
Eram não mais que imagens de um empíreo
Calcaldo em ti, padrão de toda cousa.
Inverno pareceu-me aquela alfombra,
E me pus a brincar com tua sombra.

William Shakespeare

Um comentário:

  1. Olá...
    Shakespeare é chike demais...rsss
    Anúncio: Troco 1 alfombra por 2 alcatifas...devolvo a diferença...rsss
    Bom vir aqui

    ResponderExcluir