terça-feira, 29 de abril de 2008

Penso, logo imagino!

Bom, um dia como outro qualquer.. mas sempre com a minha mania de parar para analizar os fatos da vida alheia, tentando desvendar o mistério que é amar. As vezes vejo pessoas fazendo loucuras por amor, vejo mulheres que vão visitar seus namorados/maridos detentos, fiquei sabendo que elas passam uma humilhação para poder visitá-los, elas devem ficar nuas, algo super constrangedor para poder ver aquele à quem tanto ama. Passar humilhações, aceitar erros, se entregar de corpo e alma a alguém que, vc nem sabe se merece vc? Vendo o que algumas pessoas fazem por amor, descubri que nunca amei ninguém e por isso não entendo o que essas pessoas teêm na cabeça. Tem pessoas que se sujeitam a fazer coisas ridículas, crianciçes, por causa de quem está amando, eu comparo "amar" com "ser assaltado":

Eu já fui assaltada, e não entendia por que a amiga da minha mãe ficava com medo de tudo, e não a entendia, via tudo em paz, não conseguia enchergar o perigo.
Agora eu não compreendo as pessoas que amam, mas não pai e mãe, namorado e etc.. como eu disse antes eu não entendia a ação da amiga da minha mãe, mas agora entendo tanto que, estou igualzinha a ela. A mesma coisa eu acho que é amar, não entend essas pessoas mas um dia entenderei, só espero não ficar babaca e cega!

Por hj é só,

Beeijo um meu e um da Eni!

Nenhum comentário:

Postar um comentário